*

Participar com seu melhor tiro nas 2.014 Fototalentos concorrência

Banco Santander e Universia, sob o III Encontro Internacional de Universia, anuncia a linha Fototalentos concurso de 2014 para a comunidade universitária, a fim de promover, reconhecer, divulgar e premiar a criatividade na arte da fotografia.

Pode competir no concurso todos os que pertencem ou pertenceram à comunidade universitária (estudantes, pessoal docente e investigador, pessoal administrativo, graduados, cursos, etc.), Independentemente da sua nacionalidade, residente em qualquer lugar mundo. Um primeiro prémio de 3.000 euros brutos, e três segundos prémios de 1.500 euros brutos é concedido.

Os participantes devem registar-se na página www.fototalentos.com, até 7 de julho de 2014, que é o prazo.

As fotografias, que devem ser apresentados dentro Jpg com um peso máximo de 2 Mb pode experimentar uma variedade de assuntos, devem ser inéditos e originais, e identificar, para o competidor, vida universitária. Além disso, cada participante pode enviar quantas fotos quiser, desde que cumpram as regras do concurso (http://www.fototalentos.com/popup/ES/bases.jsp).

As fotografias apresentadas podem ser vistos no site do concurso www.fototalentos.com, e também são exibidos no campo da III Reunião da Universia Rio 2014 (http://www.universiario2014.com/). O público pode votar Internet todas as imagens no site do concurso, o período de votação termina em 10 de julho de 2014., E também aparecerá no campo da III Reunião da Universia Rio 2014

As 25 fotografias mais votadas pelo internautas são considerados finalistas, e um painel de especialistas vai decidir qual deles será o vencedor eo vice-campeão. A decisão será anunciada em 18 de julho de 2014.

 

carol-avatar02

Carolina

Fundación Universia aconselha empreendedores com deficiência

Fundación Universia , lança uma nova linha de conselho para os empreendedores com deficiência , com o objetivo de oferecer a essas pessoas uma orientação on-line gratuito para lançar um projecto empresarial.
Com a iniciativa tem por objetivo ajudar a superar as dificuldades que os empreendedores enfrentam durante a gravidez de sua empresa e promover o acesso ao emprego para pessoas com deficiência igualdade de oportunidades , eles podem ser gerentes de seus próprios pensamentos.
O serviço irá orientar os participantes para a realização da análise da ideia de negócio , desenvolvimento do plano de viabilidade, procedimentos legais e administrativos a tomar forma, a aplicação do regime de pagamento das prestações de desemprego , aplicação de subvenções , o análise de alternativas de financiamento , entre outras questões que possam surgir.
Além disso, deve-se notar que qualquer pessoa com um projecto empresarial na América Latina pode procurar o conselho , por isso, se você está pensando de compromisso entre em contato conosco.
A trajetória da Fundación no campo do empreendedorismo remonta a 2012 , quando assinou um acordo com a Asociación Española de Emprendedores con Discapacidad – Sí Podemos nos incentivar o espírito empreendedor das pessoas com deficiência como uma opção de emprego e de desenvolvimento de carreira.Para mais informações sobre a Programa de Empreendedorismo de Fundación Universia :

Mariana Gacioppo. Empleo Fundación Universia
TEL. 91 289 89 18
E-MAIL: emariana.gacioppo@universia.net

 

carol-avatar02

Carolina

Fundación Universia e CERMI preparan o segundo estudo “Universidade e Deficiência”

 

Fundación Universia e o Comité Español de Representantes de Personas con Discapacidad (CERMI) já começaram a preparar o segundo estudo “universidade e Deficiência”, em colaboração com as universidades espanholas. Este relatório tem como objetivo medir o processo de inclusão de alunos com deficiência e determinar a evolução da variável de deficiência no sistema universitário.

O primeiro estudo, envolvendo 48 universidades espanholas, revelou que o número de alunos com deficiência nas universidades está diminuindo à medida que continua com a conclusão do ensino superior. Em geral, o perfil da comunidade universitária é o homem com deficiência, tem principalmente com deficiências físicas e realiza ramo de pesquisa de Ciências Sociais e Direito, seguido por estudos de Ciências da Saúde.

De acordo com o relatório sobre a deficiência da Universidade e da Fundación Universia, em colaboração com o CERMI, universidade desativados representam apenas 1,1% dos inscritos. Apesar de este número dobrou em cinco anos, atingindo no curso 2013-2014 os 19.953 alunos com deficiência, ainda há uma lacuna significativa na representação deste setor da população na Universidade.

O segundo estudo incorpora uma novidade em relação à anterior, e esta é a integração dos próprios alunos com deficiência sobre o grau de inclusão universitária. Os dados extraídos dessas pesquisas serão incorporadas como variáveis ​​que tornam o estudo e comparação dos trabalhos posteriores.

O relatório final do estudo será apresentado no último trimestre de 2014. Durante o mesmo estado da inclusão da deficiência nas diferentes variáveis ​​da universidade será refletida, enquanto que fará um balanço da situação atual em relação ao nos conhecemos no primeiro estudo. Essa comparação vai identificar as mudanças que ocorreram, bem como áreas de melhoria para o futuro, de uma maneira confiável.

carol-avatar02

Carolina