*

SECITI e COPRED organizaram o seminário internacional “Cidade inclusiva, um espaço para a igualdade de tratamento”

alt="seminário"

A Secretaria da Ciência, Tecnologia e Inovação (SECITI) e o Conselho para Prevenir e Eliminar a Discriminação (COPRED) organizam o seminário internacional “Cidade Inclusiva, um espaço para a igualdade de tratamento”, que terá lugar de 21 a 23 de julho de 2015 no Clube de Jornalistas da cidade do México.

Durante o seminário internacional serão aprofundados os temas: Direitos das Mulheres e da igualdade de Género, Inclusão de Pessoas com Deficiência, Visibilidade da População LGBTTTI, Diversidade Cultural, Igualdade e não Discriminação.

O seminário contará com a participação de oradores nacionais e internacionais de países como a Bolívia, Cuba, Colômbia e México. Conferências e workshops sobre o direito à igualdade e à não-discriminação com perspetiva de género estarão focados a melhorar as capacidades de gestão, direção e tomada de decisão dos funcionários públicos, assim como do público em geral interessado nestas questões.

No primeiro dia de trabalhos, será abordado o tema: “Avanços e desafios do reconhecimento dos direitos humanos”, que inclui palestras lideradas por Pablo Yanes Rizo, chefe da unidade de Desenvolvimento Social da CEPAL; Sandra Serrano, Professora investigadora da Faculdade Latino-americana de Ciências Sociais (FLACSO) México, e Santiago Corcuera Cabezut, coordenador do Mestrado em Direitos Humanos na Universidad Iberoamericana.

“As conferências e workshops sobre o direito à igualdade e à não-discriminação com perspetiva de género estarão focadas em melhorar as capacidades de gestão, direção e tomada de decisões de funcionários públicos”

O segundo dia incide sobre o tema dos Direitos da População LGBTTTI. Os oradores serão Déborah Skenassy, da Santamaria Foundation, da Colômbia; Héctor Salinas, Professor e investigador da UACM e Francisco Robledo, especialista em marketing internacional. Além disso, durante os dois primeiros dias do seminário vão realizar-se workshops simultâneos dirigidos aos setores público e privado.

No terceiro dia de trabalhos os temas a abordar são: “Reconhecimento dos Direitos e Empoderamento das Mulheres e a Inclusão das Pessoas com Deficiência”. As apresentações serão conduzidas pelo Sarela Paz, Doutorada em antropologia, da Bolívia; Lourdes Fernández, doutora em Ciências Psicológicas, de Cuba e a Dr. Catalina Forgach  Stern, da Universidade Nacional Autónoma do México (UNAM). Finalmente, o tópico “Estratégias de Inclusão para as Pessoas com Deficiência”, terá como oradores Taide Buenfil, coordenadora do Mestrado em Responsabilidade Social, da Universidade Anáhuac ,e como convidados especiais Maricruz Martínez, da Fundação Centro Histórico e Emma Albaladejo, da INDRA México.