*

Ibero-américa aposta na inclusão de alunos com deficiência

discapacidad_iberoamercia

Esta semana decidimos fazer um cocktail com a nossa entrada combinando vários países ibero-americanos com uma pitada  de  (mais ou menos), do costume: deficiência nas universidades. O ingrediente estrela deste novo post são as áreas de atenção à deficiência nas facultades Ibero-americanas. Quer saber mais?

Para começar, a  Pontificia Universidad Católica de Perú aposta no acesso a infraestrutura e serviços em todas as suas bibliotecas, um sistema que oferece aconselhamento personalizado. Além disso, as pessoas com deficiência que necessitem podem receber os seus materiais de leitura na receção da Biblioteca Central.

A Universidad Nacional de la Asunción de Paraguay fornece conselhos, informações e orientações para a inclusão das pessoas com deficiência visual, auditiva e física nas diferentes unidades académicas. No entanto, na Pontificia Universidad Católica do Chile os serviços dividem-se em duas áreas: uma para alunos e outra para docentes.portada_guia_atencion_discapacidad_universidad_2014

Em relação a estudos sobre o tema, a Universidad Tecnológica de Panamá recolhe no seu site uma lista de investigações sobre ideias e processos que se estejam a desenvolver nas diferentes faculdades e centros de investigação. Na mesma linha visita a Universidad de San Carlos de Guatemala. A faculdade realizou um estudo sobre a prevalência de pessoas com deficiência no seu centro.

A política de educação inclusiva na la Universidad de El Salvador aposta na acessibilidade dos alunos através da oferta de bolsas de estudo, ou fornecimento de material escolar ou na incorporação de pessoal administrativo com deficiência, entre outros. No Equador, o Instituto Ecuatoriano de Crédito Educativo y Becas também oferece ajuda para facilitar o acesso à universidade dos estudantes universitários com deficiência.

Todos estes objetivos são tão diversos como as suas universidades, no entanto, todos eles têm um objetivo comum: a inclusão de alunos com deficiência na Universidade. A Fundación Universia realizado anualmente a Guia de atenção à deficiência na Universidade,  recolhendo dados sobre o número de alunos com deficiência matriculados, os serviços/medidas de ação positiva que oferecem, ou o contato de todas as áreas de deficiência das diversas universidades espanholas. Existe alguma maneira melhor para reunir todos estes dados?

Por esta razão lanço esta pergunta: gostaria que a @FUniversia fizesse um Guia de atenção à deficiência nas universidades ibero-americanas para 2016?

 

 

Gizmo 

Leave A Comment