*

A Universidade Autónoma de Tlaxcala marca a diferença em Iberoamerica

mexico_collage

O país dos burritos, além de comida picante, tem muitas outras coisas boas como Chavela Vargas, a pintora Frida Kahlo, as praias e o sol. Além de tudo isso, no campo da educação, o México é o país latino-americano que mais avança em direção à igualdade de oportunidades e à inclusão de jovens com deficiência na Universidade.

A Universidad Autónoma de Tlaxcala (UAT) é uma dos protagonistas desse avanço. No mês passado teve lugar a conferência internacional “Desenvolvimento humano e deficiência”, com a presença de especialistas de Espanha e México. O objectivo? Tente mudar e melhorar o presente dos jovens com deficiência.

Durante dois dias e através de debates e discussões sobre o assunto, tentou-se encontrar respostas para questões relacionadas com os processos de desenvolvimento da sociedade que facilitam ou impedem que pessoas com deficiência possam construir uma vida normal.

O Congresso contou com a presença de Dr. Miguel Angel Verdugo Alonso, da Universidad de Salamanca; Dr. Rodolfo de la Torre, coordenador geral do Instituto de pesquisa em desenvolvimento humano da organização das Nações Unidas; Dr. Cuahquentzi de Paredes; Lorena Alonso Rodríguez, diretor da faculdade de ciências para o desenvolvimento humano e Dr. René Millán Valenzuela, da Universidad Nacional Autónoma do México, entre outros.

Durante o encontro, foram desenvolvidas os workshops: ‘Vulnerabilidade e incapacidade’; ‘Experiências de inclusão e deficiência’ e ‘Pesquisa em desenvolvimento humano e deficiência intelectual’. E foram ainda organizadas workshops sobre estratégias de deficiência, autismo, sexualidade e intervenção.

Finalmente, o meu pensamento da semana: o país dos maias e astecas encaixa-se perfeitamente com uma famosa frase de espanhol: “lenta sem pausa “. E embora ocasionalmente não seja prejudicial fazer um sprint, hoje eles são os protagonistas do nosso blog por conquistas feitas (e que estão vindo).

Ana_Avatar

 Ana

 

 

Leave A Comment