*

Um novo acordo entre Senadis e a UTAL vai beneficiar 200 pessoas com deficiência auditiva no Chile

chile_sordos
O Serviço Nacional de Deficiência (Senadis) e a Universidad de Talca (UTAL), fizeram um novo acordo que vai beneficiar os 200 alunos da região do Maule com elevada deficiência auditiva e com grande dependência.

O projeto visa contribuir para a inclusão das pessoas com deficiência com elevada dependência. Estas pessoas receberão cuidados domiciliários, dada a dificuldade de transporte para os diversos centros de cuidados de saúde.

A iniciativa consiste na compra de três audiómetros portáteis e de equipas que irão enumerar as alterações de audição nos examinados. Isto permitirá aos profissionais avaliar e cuidar de pessoas pertencentes a Linares, Vichuquén, Curepto e Licantén, localidades pertencentes à região do Maule, no Chile. Nesta região 7,3% das pessoas tem algum tipo de deficiência auditiva, superando a média nacional, que é de 6,5%.

“Este convenio beneficiará a personas, que por su condición de pobreza, tienen inconvenientes para llegar hasta donde están los servicios», Gricelda Gómez.

«Este acordo irá beneficiar as pessoas que pela sua condição de pobreza, têm dificuldade para chegar até onde estes serviços se encontram», Gricelda Gómez.

A iniciativa será financiada através do programa Reforço da Rede de Reabilitação do Senadis que conseguiu um investimento de 11,8 milhões de dólares.

«Este acordo irá beneficiar pessoas que, pela sua condição de pobreza, ruralidade ou problemas de deslocação de áreas remotas da região para as cidades maiores, têm inconvenientes para chegar até onde estão os serviços públicos,» assegurou a diretora do Senadis, Gricelda Gómez.

À cerimónia assistiram a subsecretária de Avaliação Social do Ministério do Desenvolvimento Social, Heidi Berner; o diretor do seremi na região do Maule, José Ramón Letelier; a diretora do Senadis, Gricelda Gómez; o diretor da FOSIS no Maule, Gonzalo Uribe e o diretor da Escola de Fonoaudiologia da UTAL, Exequiel Plaza, entre outros.

Leave A Comment

Online Shopping in BangladeshCheap Hotels in Bangladesh