*

A Universidad del Norte de Colômbia pretende ser a primeira “acessível” em toda a Ibero-américa

universidad-del-norte-discapacidadSegundo o censo de 2005, existem 2.632.255 pessoas diagnosticadas com algum tipo de deficiência na Colômbia. Este dado relevante levou a que diferentes organizações se comecem a questionar como está o nível de vida desta população e surgiram muitas instituições públicas e privadas que mostraram interesse na implementação das políticas de inclusão.

Uma delas foi a Universidad del Norte de Colombia, que está fortemente empenhada em tornar-se o primeiro centro de estudos de toda a Ibero-américa nos requisitos de acessibilidade para pessoas com deficiência.

Para conseguir tal feito, foi assinado um acordo com a Fundación ONCE de Espanha para avançar nesse sentido, uma vez que esta organização é reconhecida internacionalmente nesta área. De acordo com o diretor da Universidade de extensão do Uninorte, Paola Alcazar, trabalho, acessibilidade e equidade são questões que preocupam cada vez mais a Colômbia.

Globalmente, as universidades reconhecidas por terem programas e unidades específicas para pessoas com deficiência são Harvard, Stanford, Berkeley, Cambridge e Massachusetts.

Deficiência na Colômbia

Além disso, o estudo “De inclusão de coexistência” da Universidad del Rosario salienta que a presença de pessoas com deficiência no ensino superior é essencial para garantir a ‘universalidade’ das universidades.

Felizmente, a pesquisa sugeriu que Colômbia está a fazer progressos na questão: através do Ministério da educação e da rede colombiana de universidades pela deficiência têm sido estimuladas pesquisas, promover a cooperação e levantando as instituições.

Leave A Comment

Online Shopping in BangladeshCheap Hotels in Bangladesh